1. Primeiro Seminário de Saúde Mental UFAL – Campus Arapiraca
  2. Primavera Livre
  3. O que são Centros Acadêmicos?
  4. Alunos do curso de Administração da UFAL campus Arapiraca organizam o V Encontro de Gestão para o Desenvolvimento.
  5. DISCENTES DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA SE MANIFESTAM QUANTO O DESCASO COM O GINÁSIO E PISCINA DA UFAL CAMPUS ARAPIRACA
  6. HORAS COMPLEMENTARES: EXIGÊNCIA ACADÊMICA, OPORTUNIDADE DE CRESCIMENTO E AMPLITUDE DO CONHECIMENTO.
  7. Musicar tem resultado final dos artistas classificados para a última fase do concurso
  8. Curta Metragem de Arapiraca é selecionada para Festival Internacional em São Paulo
  9. CONFIRA QUEM SÃO OS PRIMEIROS CLASSIFICADOS PARA A FINAL DO MUSICAR
  10. Projeto Som do Campus abre inscrições
  11. Senac oferta cursos que contam como horas complementares
  12. Começa votação para o I Festival de Música na UFAL Campus Arapiraca.
  13. Assistência Estudantil: Bolsa Pró-Graduando – BPG.
  14. Vamos falar sobre Monitoria e Tutoria Acadêmica?
  15. Eliane Oliveira: a Leitora do Brasil em terras africanas
  16. Curso de Letras se debruça no universo infantil de Cecília Meireles
  17. SBPC abre seleção para monitores voluntários
  18. I Festival de Música da UFAL – Arapiraca
  19. I Encontro Consultivo de Psicologia em Unidade de Palmeira dos Índios
  20. LIFE – Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores.
  21. AGRICULTURA FAMILIAR UFAL ARAPIRACA
  22. Deficiência nos setores noturnos da UFAL – Campus Arapiraca
  23. Transferência Externa – Ufal
  24. FÍSICA ALÉM DA SALA DE AULA
  25. Intervalo de Terça
  26. Herbário Arapiraca (HARA) – Trilhando conhecimento
  27. Entrevista com o bibliotecário Márcio Albuquerque
  28. TRONCO INICIAL: “Eis a questão.”
  29. CLAUDEMIR CALIXTO – UM POETA ATEMPORAL E EXISTENTE
  30. Acessibilidade na Universidade
  31. O olhar investigativo da Arquitetura
  32. Educação Física
  33. Experimentos da agronomia – destaque do mestrando Junior Alcântara
  34. Medicina: a arte da cura
  35. Laboratório de informática: Quem pode?
  36. Navegando no mundo da Administração
  37. Ciências Biológicas: Construindo um meio ambiente mais saudável
  38. O Universo da zootecnia: Ufal Arapiraca
  39. Física e seus fenômenos: conheça um pouco mais!
  40. A importância dos laboratórios da UFAL campus Arapiraca no curso de Química
  41. Ciência da Computação. Fique por Dentro.
  42. Enfermagem de perto UFAL Campus Arapiraca
  43. Agronomia – O dom do campo.
  44. Pedagogia a arte da aprendizagem
  45. Administração Pública: Formação de Gestores e a Arte de Gerir
  46. A matemática está em tudo
  47. Letras – Conhecendo e aprendendo sobre esse universo

Acessibilidade de acordo com a lei n° 10.098 de dezembro de 2000, estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, mediante a supressão de barreiras e auxílio na construção e reforma de edifícios e nos meios de transporte, comunicação, bem como na universidade, assim como em qualquer outro lugar perante sociedade, permitindo dignidade ao ser humano.

Demostrando que apesar das deficiências todos estão no mesmo patamar, fazendo uso da inclusão que é lei e está destinada a assegurar e promover em condições de igualdade o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, garantindo o acompanhamento de interpretes e monitores em sala de aula, auxiliando-os para que sua passagem pela universidade seja digna no exercício da cidadania.

Além disso é disponibilizado aos alunos de todos os curso licenciatura no segundo período  a disciplina de libras, que consequentemente ajudará os graduandos a se comunicar e ter um olhar inclusivo tendo acesso a comunicação com todos, deficiente ou não.

Existem decretos que auxiliam a efetivação do direito a educação de todos os alunos como o 5.296/2004 o qual o regulamento a acessibilidade aos deficientes, assim como o decreto 5.626/2005 que fala da lei de libras. também há leis como a de 2013 de acessibilidade.

No entanto esse direitos garantidos por lei a todas as pessoas com deficiência não funcionam como deveriam no exercício da cidadania, ainda faltam ações que façam esses direitos acontecerem na prática sem tanta burocracia, fazendo com que todos sejam de fato amparados pela igualdade de direitos.

Na entrevista com a professora de Libras da Ufal Arapiraca, Denise falou sobre vários aspectos da acessibilidade na Universidade, por exemplo sobre as terminologias corretas, salientou que não se usa mais os termos especial, portador, normal, atendimento especial, o correto é atendimento específico, pois devemos nos referir usando deficiente com sua especificidade por exemplo deficiente visual (toda pessoa que usa óculos não é necessariamente cego). Denise falou também que na Ufal tem dois interpretes de libras, que são Vanessa e Eliane as quais fazem o acompanhamento do(s) aluno(s) deficiente(s). Além de ter falado sobre a importância da acessibilidade na universidade. A universidade que não é acessível está negando condições aos deficientes de exercer sua dignidade enquanto cidadãos.

Qualquer centro universitário ou orgãos públicos federais acessibilidade se torna passível de punição, o problema é que a população não sabe e automaticamente não vai atrás de seus direitos. Na universidade tem que ter o acompanhamento de um profissional específico para o tipo de deficiência, se não houver é só fazer a denúncia e a faculdade será multada.

É muito importante preparar o licenciado para que ele tenha o olhar inclusivo a todos os alunos deficiente ou não.

Há uma falha na comunicação onde a maioria da população não sabe que tem uma infinidade de leis e decretos os quais garantem acompanhamento na universidade, onde se deparam com essas informações aqueles que chegam no curso superior e vai descobrindo todas essas coisas que fazem e garantem sua cidadania. No entanto muitos ficam no caminho e não chegam na universidade.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com